Home » » Pirataria da TV Paga dá prejuízo de US$ 3,2 bilhões no último ano na América Latina

Pirataria da TV Paga dá prejuízo de US$ 3,2 bilhões no último ano na América Latina

Written By AZDIGITAL on quinta-feira, 21 de maio de 2015 | 21:20

http://www.az-digital.net/

Aconteceu esta semana no Chile o Seminário Pirataria da Televisão Paga e Economia das Telecomunicações, onde mais uma vez foram divulgados números estratosféricos do prejuízo causado pela pirataria da TV Paga na América Latina.
Em resumo o que se difundiu foram os números da pirataria da tv por assinatura no mercado chileno e a previsão geral de prejuízo causado pela pirataria da tv paga em toda a América Latina.
O Chile tem perdas anuais de 66 milhões de dólares sendo que se fosse uma operadora de tv paga a pirataria seria a 5º maior operadora do Chile, com 300 mil pontos instalados.
Mesmo assim a Aliança Contra a Pirataria da TV Paga pressiona as autoridades chilenas para combaterem com força a tv pirata no país e citam, inclusive, que o Chile está descumprindo tratados assinados com os Estados Unidos ao não conseguir erradicar a pirataria da tv no país. Lembrando que o Chile é o único país da América do Sul o qual os cidadãos não necessitam de visto para entrar nos Estados Unidos como turistas.
Estes status é conseguido, entre outras coisas, por que a sociedade chilena é considerada honesta nas relações comerciais com os Estados Unidos, sendo que o combate à pirataria é um dos pontos chaves para esta classificação.Mas não é somente de receptores piratas que é feita a pirataria da tv paga na América Latina como é de se imaginar ao ouvir mais uma vez que a pirataria está causando tantos prejuízos.
Durante o seminário foram citadas duas formas de pirataria da tv paga que tem crescido na América Latina.
A primeira são as empresas de tv por assinatura via cabo que não tem qualquer tipo de registro ou parceria com as emissoras de tv fechadas mas mesmo assim empacotam estes canais fechados e vendem como qualquer outra empresa de tv a cabo legalizada no mercado.
Segundo o que se discutiu no seminário, estas empresas em alguns países tem até mesmo facilidades para tocar os seus empreendimentos como se comercializassem um produto legal.
A outra forma de pirataria da tv paga que tem aumentado a participação neste filão de mercado é cometido pelas próprias operadoras de tv por assinatura, que não estão declarando o número correto de assinantes que tem para as distribuidoras de conteúdo a que pertencem os canais da tv fechada, desta forma elas embolsam receita que deveriam estar passando para cada emissora nos pacotes que elas vendem.
E os receptores de tv pirata? A ordem é continuar o combate como está sendo feito nos últimos anos.

0 comentários:

Postar um comentário

-

seguir por email

Postagens populares